receita-pascoa-italia
Receitas

Pastiera Napoletana: a receita!

A pastiera. Falo-vos hoje sobre o meu doce favorito de sempre, e para sempre.

Comentava com a minha irmã, que não sei se a pastiera é o meu doce favorito por ser realmente o que mais gosto, ou se é pelo facto de ser um doce que comia apenas uma vez por ano e por ansiar tanto que chegasse a época em que pudesse finalmente saboreá-lo.

A pastiera é um doce típico de Nápoles que é tradicionalmente feito na Páscoa. Antigamente era somente nessa altura que se encontrava à venda. Nápoles é uma cidade de tradições e se a tradição ditava que a pastiera só se comia na Páscoa, então não se comia em mais nenhuma altura do ano!
Hoje em dia já não. Quando em 2018 estive em Nápoles para comemorar o meu aniversário e apresentar a Matilde à família, lembro-me de ter praticamente “obrigado” a minha irmã, a minha melhor amiga e a minha cunhada, a experimentar a pastiera que estava à venda no bar do porto, quando íamos para Capri.

Para se fazer uma pastiera em casa precisam de dois ingredientes essenciais, que dificilmente se encontram em Portugal, o grano cotto e a essência de flor de laranjeira. Nas minhas pesquisas por casa descobri a Vico Food Box, uma empresa siciliana que envia produtos italianos por toda a Europa. A Vico Food Box é um verdadeiro paraíso para qualquer italiano que viva no estrangeiro e na minha encomenda aproveitei e mandei vir uma série de coisas das quais tinha saudades, tal como a água Ferrarelle, a melhor água com gás que alguma vez irão experimentar na vossa vida 😉

Ora bem, encomenda feita e recebida depois de 6 dias! Estava super entusiasmada até ter percebido que me tinha esquecido de encomendar o grano cotto…quem convive comigo sabe que isso é típico da minha pessoa.
Não baixei os braços, eu e a doce cara-metade pesquisámos até que encontrámos uma receita de como fazer grano cotto em casa.
Segue a receita deste doce que é feito sempre na 6ª feira santa para ser comido no domingo da Páscoa para que os sabores tenham tempo de se infundir…e foi isso que eu fiz, aliás…o marido fez e eu comi!

Ingredientes:
Para a massa:

  • 300 gr farinha;
  • 2 colheres de sopa de açúcar;
  • 150 grs de manteiga sem sal;
  • 1 ovo;
  • 150 ml de água.

Para o recheio:

  • 350 grs de grano cotto;
  • 250 ml de leite;
  • 30 grs de manteiga sem sal;
  • cascas de um limão;
  • 1 pau de canela;
  • 2 ovos;
  • 2 gemas de ovos;
  • 300 grs de açúcar;
  • 350 grs de ricotta;
  • 40 grs de cascas de laranja cristalizada;
  • 40 grs de casca de limão cristalizadas (opcional – ou incluir mais 40 grs de casca de laranja);
  • 20 grs de essência de flor de laranjeira;
  • 1 colher de sobremesa de essência de baunilha ou as sementes de 1 vagem de baunilha.

Para decorar:

  • Açúcar em pó.

Preparação:
Disclaimer: Leva uma infinidade de ingredientes, mas até é bastante rápido de se fazer, se não tivermos em conta a preparação das cascas de laranja!

Cascas de Laranja cristalizadas:
Se não conseguirem encontrar já preparadas, podem fazer as vossas próprias cascas. Há 2 maneiras. A rápida e a “verdadeira”. Existem inúmeros vídeos online a explicar como as fazer. O método rápido leva umas horas, o método “verdadeiro” leva dias. Se por acaso encontrarem as j á preparadas, deixem de molho em água uns minutos para retirar todo o açúcar em excesso.

Grano Cotto
O verdadeiro grano cotto é basicamente semente de trigo descascada cozida. Também pode ser substituído por grão de espelta ou pelo arroz que se usa para fazer o risotto, arborio ou carnarolo. Este, o tal que esqueci-me de comprar vem já pré-cozido. Para o preparar é literalmente deitar o grano cotto (ou arroz ou espelta) numa panela, juntar o leite, a manteiga sem sal, a casca de limão e o pau de canela e levar a lume médio. Assim que começar a ferver e a formar espuma, baixamos o lume e vamos mexendo constantemente até que esteja cozido por completo. Como se estivéssemos a fazer arroz-doce, e é essa a consistência que se pretende. Assim que estiver completamente cozido, retirem do lume e deixem arrefecer por completo.

A pastiera:

A massa:

  • Misturar a farinha, o açúcar e a manteiga até que comece a formar grumos;
  • Misturar depois o ovo e amassar até que fique tudo combinado;
  • Adicionar a água pouco a pouco e misturar para ir formando a massa. (Se tiverem uma planetária, todos os passos atrás serão bastante mais rápidos);
  • Envolver a massa em película aderente e deixar descansar no frigorífico, por pelo menos uma hora.

O recheio:

  • Misturar os ovos e o açúcar até que se forme um preparado uniforme e de cor pálida;
  • Bater o queijo ricotta até que fique com a consistência de natas batidas e depois adicionar ao preparado de ovo com açúcar, envolvendo com uma espátula;
  • Adicionar à mistura anterior o preparado de grano cotto arrefecido, as cascas de laranja cristalizadas, a essência de flor de laranja e a baunilha, e misturar até se tornar um preparado uniforme;
  • Pré-aquecer o forno a 160ºC;
  • Polvilhar a superfície onde vamos estender a massa com açúcar em pó, assim como a forma previamente untada com manteiga;
  • Estender a massa e colocar na forma. Com um garfo, fazer pequenos furos na base, para que a massa coza uniformemente;
  • Deitar o preparado dentro da forma e com o excesso de massa, preparar 8 “fitas” para decorar a parte de cima da pastiera (sim, eu fiz 7 mas eu juro que sempre fui boa a matemática :):):)) .
  • Colocar 4 fitas num sentido e outras 4 na diagonal para formar pequenos losangos;
  • Levar ao forno 1 hora. Após essa hora cobrir a pastiera com folha de alumínio e deixar no forno por mais 30min;
  • Deixar que arrefeça por completo, antes de retirar a pastiera da forma e colocar num prato de servir.

No momento de servir, deve-se polvilhar com açúcar em pó.

Para verem as outras receitas de Nápoles clicar aqui.

E agora quero saber, quem vai fazer este bolo delicioso e mostrar-me o resultado final?

Pelo sim, pelo não, guardem a receita no vosso Pinterest 😉

Com amor,

Claudia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *